quinta-feira, 1 de Outubro de 2009

Senso comum e ciência: alguns exemplos

A Sociologia é uma ciência social. Mas, o que é uma ciência? Há outros tipos de conhecimento: o senso comum, a filosofia, a religião, etc. O que há de distintivo no conhecimento científico? No âmbito do estudo da Sociologia torna-se especialmente importante distinguir o conhecimento científico do senso comum.

A - Os textos a seguir apresentados referem vários conhecimentos. Identifique quais é que são científicos e quais é que pertencem ao senso comum.
1. Muitos habitantes de Lisboa sabem onde fica o café “O Pato”.
2. Em Portugal (nas zonas urbanas mas sobretudo nas zonas rurais) é muito frequente a crença de que alimentos como a canja de galinha e os citrinos (laranjas, tangerinas, limões, etc.) ajudam a curar as constipações.
3. O conhecimento de que a lixívia estraga a roupa colorida é bastante vulgar.
4. «A secreção de progesterona leva a um espessamento do endométrio (revestimento das paredes uterinas), o que constitui um primeiro passo na preparação do útero para receber o embrião. Se o óvulo for fertilizado terá origem um processo que transforma progressivamente o útero de forma a permitir o desenvolvimento do embrião. Se o óvulo não chegar a ser fertilizado, o espessamento do endométrio é reabsorvido e inicia-se um novo ciclo. Na nossa espécie e em alguns outros primatas há uma deposição tissular demasiado grande para que esta reabsorção possa realizar-se. O espessamento é, neste caso, libertado sob a forma de um fluxo menstrual». Henry Gleitman, Psicologia, F. C. Gulbenkian, Lisboa.
5. «Numa tradução da História Natural, de Plínio, escrita no início da era cristã, pode ler-se o seguinte parágrafo (...): “A mão da mulher com a menstruação torna o vinho em vinagre, seca as colheitas, mata as sementes, murcha os jardins, embacia os espelhos, oxida o ferro e o latão (sobretudo quando a Lua está na fase de quarto minguante), mata as abelhas, o marfim perde o seu brilho, os cães enlouquecem se lambem o seu mênstruo...” (...) Algumas comunidades judaicas da Europa Oriental acreditam que, se as mulheres se aproximarem das conservas durante a menstruação, estas estragar-se-ão. Na Carolina do Norte mantém-se a crença tradicional de que, se a mulher amassar um bolo durante o período, este não será comestível.» Enciclopédia de Psicologia.
6. Plutão leva 247,7 anos a completar uma volta em torno do Sol.
7. A temperatura média na superfície de Plutão é de 237 graus negativos.
8. No planeta Mercúrio, que é o mais próximo do Sol, chegam a registar-se temperaturas de 430 graus (positivos).
B - Que características permitem distinguir o conhecimento do senso comum do conhecimento científico?

Mais exemplos aqui.

2 comentários:

analima disse...

Acrescento apenas que, no caso da afirmação n.º 1, há também aqueles que, não sendo de Lisboa, sabem onde fica “O Pato”. :)

Carlos Pires disse...

Ana:

A menos que a memória me esteja a pregar partidas, "O Pato" fica na Avenida de Berna, em frente da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas.

Claro que, tendo em conta as dimensões da cidade de Lisboa, não é surpreendente que muitas pessoas de Lisboa (cujas rotinas não são próximas da Av. de Berna) não saibam onde fica o dito café.
Outra situação possível é haver lisboetas que até vivem perto ou por lá passam frequentemente, mas também não sabem pois não têm o hábito de ler, namorar ou conversar com amigos em cafés.

cumprimentos